Cultura

Assembléia homenageia Apparício Silva Rillo

O resgate da obra de um dos mais importantes poetas gaúchos é o objetivo da homenagem que Assembléia Legislativa realiza no dia 8 de agosto, às 19h, no Teatro Dante Barone com o evento musical lembrando Apparício Silva Rillo, com entrada mediante entrega espontânea de 2Kg de alimentos não perecíveis. De acordo com o proponente da iniciativa, deputado Ronaldo Zülke (PT), vice-presidente do Parlamento Gaúcho, trata-se de uma justa homenagem a um dos grandes nomes das letras e do folclore do Rio Grande do Sul, responsável pela valorização e transformação da cultura e da história de São Borja e de todo nosso Estado.

O evento Puro Nativismo uma homenagem ao poeta Apparício Silva Rillo, contará com leitura de poesias e causos, apresentações de teatro, dança, show do grupo Os Angüeras e participações de convidados especiais. A homenagem começou no início deste ano em São Borja, com o lançamento da Antologia Poética de Apparício Silva Rillo, organizada por Maria Thereza Veloso, Marisa Lima Trindade e Zilá Terezinha Teixeira Delavy. A obra foi editada com apoio do Legislativo gaúcho, através da campanha Paz é a Gente que Faz e do grupo amador de arte Os Angüeras, do qual o poeta foi sócio-fundador e diretor cultural.

PROGRAMAÇÃO

Leitura da poesia Poema Circular por Eduardo Bicca;

Leitura de texto biográfico por Magda Bicca e solo de violão de Sérgio Souza;

Coreografia As mãos a dança de Mirian Goulart;

Teatro de bonecos Causos do Rapa de Tacho, com Cacá Sena;

Apresentação musical do grupo Os Angüeras;

Apresentações de Mário Barbara Dornelles; Luiz Carlos Borges, Vinícius Brum, Chico Saratt, João de Almeida Neto, Elton Saldanha, Lúcio Yanel, Eraci Rocha, Gilberto Monteiro, entre outros.

BIOGRAFIA

Como Drummond, Rillo é um poeta do tempo - A frase é da professora da URCAMP de São Borja, Zilá Delavy, que completa no posfácio da obra: O tempo de Rillo é o da memória. Da janela da memória, o poeta revê o tempo e o avalia, retirando as lições que poderão minimizar o presente e, quiçá, melhorar o futuro.

Apparício Silva Rillo nasceu em Porto Alegre no dia 8 de agosto de 1931 mas passou a infância em Guaíba. Formado Técnico em Contabilidade, mudou-se para São Borja em 10 de outubro de 1953, onde residiu com sua família. Casado com Suzy de Araújo Rillo, teve as filhas Leliana, Clarissa, Cláudia e Synara. Poeta, escritor, historiador, compositor e folclorista, Rillo faleceu em 23 de junho de 1995 e, além da família, dedicou sua vida à arte e à cultura.

Foi Sócio-fundador da Estância da Poesia Crioula; sócio-fundador dos CTG´s Rodeio dos Sete Povos, Pito Aceso e Tropilha Crioula de São Borja; sócio-fundador e diretor cultural do Grupo Amador de Arte Os Angüeras; sócio benemérito do Centro de Estudos Folclóricos Edison Carneiro, do Rio de Janeiro; sócio-fundador do Instituto Histórico; sócio-fundador do Instituo Histórico e Geográfico de São Borja e seu secretário; Membro da Associação Cultural Getúlio Vargas e da Academia Rio-Grandense de Letras.

Venceu vários prêmios regionais, nacionais e internacionais. Tem livros publicados nos gêneros poesia, ficção, teatro, folclore, história, teses, monografias e antologias. O primeiro livro, Cantigas do Tempo Velho Versos Crioulos, saiu em 1959. Suas coletâneas de causos gauchescos Rapa de Tacho, em quatro volumes, fizeram enorme sucesso. Também se destacou como compositor de música nativista, vencendo festivais como a Vigília, a Vindima, a Califórnia e o Festival da Barranca, criado em São Borja por ele e seus parceiros do grupo musical Os Angüeras.

SERVIÇO

O quê: Puro Nativismo uma homenagem ao poeta Apparício Silva Rillo.

Quando: 8 de agosto (segunda-feira)

Horário: 19h

Local: Teatro Dante Barone da Assembléia Legislativa (Praça Marechal Deodoro, 101)

Ingresso: contribuição espontânea de 2Kg de alimentos não-perecíveis que serão doados à instituição Clínica Esperança de Apoio à Criança (Rua Deodoro, 255 Morro Santana/ POA www.clinicaesperanca.org.br.

Informações: Gabinete do deputado Ronaldo Zülke Telefone: (51) 3210.2220

FICHA TÉCNICA

Produção: Comissão Executiva do Projeto Homanagem ao poeta, da Escola Estadual de Educação Básica Padre Francisco Garcia, com a coordenação da professora Silvana Pinheiro Cañellas

Direção: Manoel Antonio Pinheiro

Apresentação: Eduardo Bicca

Iluminação: João Acir

Direção de palco: Lucas Bicca

Responsável técnico/sonorização: Sandro Machado

OS ANGÜERAS

José Lewis Bicca: violão e voz

Sérgio Wagnar Ataídes de Souza: violão e voz

Jorge Dornelles: voz

Vantuir Cásseres: contrabaixo

Apparício Silva Rillo Neto: violão

Felipe Moraes: violão

Guilherme Trindade: violão

Manoel Pinheiro Filho: violão

 

 

Publicado em 03/08/2005 às 12:40

Por Lucídio Gontan

Compartilhar

Deputadas Estaduais

Stela Farias

Líder da Bancada

Stela Farias

Miriam Marroni

Vice-líder Partidária

Miriam Marroni

 

Deputados Estaduais

Edegar Pretto

Presidente da Assembleia Legislativa

Edegar Pretto

Luiz Fernando Mainardi

Vice-líder da Bancada

Luiz Fernando Mainardi

Tarcísio Zimmermann

Líder Partidário

Tarcísio Zimmermann

Endereço: Praça Marechal Deodoro, 101/506 - Porto Alegre-RS - Fones: (51)3210-2913 (Bancada) e (51)3210-1123 (Imprensa)
ptsul@ptsul.com.br

Projetado, desenvolvido e mantido pela coordenadoria da Bancada do PT/AL-RS

Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Adaptada