Pedágio

“Governo trabalha para desmobilizar

contratos”, diz Albuquerque

Luis Fernando Schmidt e Beto Albuquerque

Luis Fernando Schmidt e Beto Albuquerque

O secretário de Infraestrutura e Logística, Beto Albuquerque, afirmou nesta quinta-feira (26) na Assembleia Legislativa que o governo não irá prorrogar os contratos de pedágios que vencem em 2013. Segundo o secretário, o Executivo trabalha para “desmobilizar os contratos” ao realizar o inventário patrimonial da malha rodoviária concedida e avaliar evidências sobre o suposto desequilíbrio contratual, alegado pelas empresas. “O inventário é fundamental, pois só aceitaremos as rodovias de volta quando estivem de acordo com o previsto no Programa Estadual de Concessão de Rodovias”, avisou Albuquerque, que participou de audiência pública, promovida pela Comissão de Segurança e Serviços Públicos.

Na avaliação do secretário, o modelo de pedagiamento implantado no Rio Grande do Sul gerou “mais dissabores do que vantagens”. “Trata-se de um modelo que não serve ao estado. Precisamos discutir, profissionalmente, a nova modelagem para substituir o atual e definir que estradas queremos nos próximos 20 anos”, frisou.

Albuquerque defendeu a criação de uma empresa de economia mista para gerir e fiscalizar as concessões de pedágio no Estado. Segundo o secretário, o DAER, órgão que detém esta atribuição, conta com três mil funcionários a menos do que na época em que o modelo foi implantado. “O DAER tem três mil servidores a menos, mas mantém as mesmas atribuições. Considero preferível contratar 50 funcionários pela CLT do que onerar o Estado”, argumentou, sustentando que a nova empresa deverá “dar ritmo à gestão das concessões”.

 

 

Publicado em 26/04/2012 às 15:19

Olga Arnt

BANCADA

Compartilhar

Endereço: Praça Marechal Deodoro, 101/506 - Porto Alegre-RS - Fones: (51)3210-2913 (Bancada) e (51)3210-1123 (Imprensa)
ptsul@ptsul.com.br

Projetado, desenvolvido e mantido pela coordenadoria da Bancada do PT/AL-RS

Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Adaptada